R E L V A D O T U G A • FUTEBOL TOTAL
Bem-vindo ao Fórum Relvadotuga.com. Entra já para esta comunidade Regista-te!

Jornal Nacional

Página 4 de 13 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 11, 12, 13  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por blitz0 em 16.06.08 16:40

batista30 escreveu:Odor a estrume invade hospital e lar de idosos

Não há quem suporte o cheiro a estrume. Nos últimos dias, é e tal forma intenso que motivou a intervenção da delegada do Centro de Saúde local, bem como do director clínico do Hospital da Misericórdia da Mealhada.

"O cheiro era realmente perturbador, não é admissível que os excrementos sejam espalhados por uma tão grande área de terra, sem qualquer produto anti-odor", referiu Adelaide Capelão, delegada de Saúde, explicando que enviou um relatório ao Ministério da Agricultura, pedindo a sua intervenção.

Os excrementos oriundos de uma vacaria e de uma suinicultura foram espalhados num terreno agrícola do proprietário de ambas, mas que fica paredes meias com as duas unidades de saúde e muito próximo do núcleo urbano do centro da cidade.

"O (...) cheiro nauseabundo a detritos orgânicos (...) penetra nos corredores do Hospital. Porque os doentes aqui internados e os residentes no lar não têm alternativa para mudarem de local, porque este tipo de cheiros provém de materiais com matérias orgânicas prejudiciais à saúde, porque é indicador de contaminação microbiológica, não teremos meios de protecção ambiental, capazes de verificar as ocorrências e de actuar coerciva e preventivamente?", questiona Luís Oliveira, director do Hospital, numa carta enviada à GNR.

Segundo Paulo Serra, comandante do Destacamento da GNR de Anadia, a Brigada do Ambiente esteve no local a recolher informações, mas outros dados já foram requisitados à Direcção Regional de Agricultura.

"Há informações que têm ainda de ser prestadas, como se a empresa tirou as respectivas licenças, se usou o produto anti-odor a que é obrigado. Só perante estas informações é que saberemos se vamos levantar o auto", refere.

Carlos Cabral, presidente da Câmara da Mealhada, diz ter conhecimento da situação, mas não pode fazer muito. "O que se suspeita é que a produção seja superior à capacidade de tratamento dos efluentes destas explorações e que, por isso, o proprietário proceda aos despejos nas terras agrícolas", explica, para adiantar que "a Câmara não pode fazer nada a não ser alertar outras entidades", adiantou.

Paulo Afonso, proprietário das explorações pecuárias, garante, porém, agir dentro da legalidade: "Está tudo dentro da lei. Os terrenos são agrícolas e por isso têm que ser adubados". E assegura que apenas espalhou os excrementos durante uma tarde.

No que respeita a episódios futuros é peremptório: "Se não querem que cultive os terrenos, tornem-nos urbanos e urbanizem-nos. Enquanto forem agrícolas são para cultivo, porque a agricultura é a minha fonte de subsistência", sublinha.

LOOOOOL isto é que é uma notícia portuguesa pa !
avatar
blitz0
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1865
Clube : Benfica/Bordéus/Man.Utd
Pontos : -16
Data de inscrição : 05/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por Spieler em 16.06.08 17:41

batista30 escreveu:Odor a estrume invade hospital e lar de idosos

Não há quem suporte o cheiro a estrume. Nos últimos dias, é e tal forma intenso que motivou a intervenção da delegada do Centro de Saúde local, bem como do director clínico do Hospital da Misericórdia da Mealhada.

"O cheiro era realmente perturbador, não é admissível que os excrementos sejam espalhados por uma tão grande área de terra, sem qualquer produto anti-odor", referiu Adelaide Capelão, delegada de Saúde, explicando que enviou um relatório ao Ministério da Agricultura, pedindo a sua intervenção.

Os excrementos oriundos de uma vacaria e de uma suinicultura foram espalhados num terreno agrícola do proprietário de ambas, mas que fica paredes meias com as duas unidades de saúde e muito próximo do núcleo urbano do centro da cidade.

"O (...) cheiro nauseabundo a detritos orgânicos (...) penetra nos corredores do Hospital. Porque os doentes aqui internados e os residentes no lar não têm alternativa para mudarem de local, porque este tipo de cheiros provém de materiais com matérias orgânicas prejudiciais à saúde, porque é indicador de contaminação microbiológica, não teremos meios de protecção ambiental, capazes de verificar as ocorrências e de actuar coerciva e preventivamente?", questiona Luís Oliveira, director do Hospital, numa carta enviada à GNR.

Segundo Paulo Serra, comandante do Destacamento da GNR de Anadia, a Brigada do Ambiente esteve no local a recolher informações, mas outros dados já foram requisitados à Direcção Regional de Agricultura.

"Há informações que têm ainda de ser prestadas, como se a empresa tirou as respectivas licenças, se usou o produto anti-odor a que é obrigado. Só perante estas informações é que saberemos se vamos levantar o auto", refere.

Carlos Cabral, presidente da Câmara da Mealhada, diz ter conhecimento da situação, mas não pode fazer muito. "O que se suspeita é que a produção seja superior à capacidade de tratamento dos efluentes destas explorações e que, por isso, o proprietário proceda aos despejos nas terras agrícolas", explica, para adiantar que "a Câmara não pode fazer nada a não ser alertar outras entidades", adiantou.

Paulo Afonso, proprietário das explorações pecuárias, garante, porém, agir dentro da legalidade: "Está tudo dentro da lei. Os terrenos são agrícolas e por isso têm que ser adubados". E assegura que apenas espalhou os excrementos durante uma tarde.

No que respeita a episódios futuros é peremptório: "Se não querem que cultive os terrenos, tornem-nos urbanos e urbanizem-nos. Enquanto forem agrícolas são para cultivo, porque a agricultura é a minha fonte de subsistência", sublinha.
Portugal allez allez Very Happy:D:D
avatar
Spieler
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1897
Clube : Benfica
Pontos : -17
Data de inscrição : 20/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por Johny89 em 18.06.08 9:50

TAP admite cancelamento temporário de voos após o Verão



O presidente-executivo da TAP, Fernando Pinto, admitiu hoje o cancelamento temporário de alguns voos depois do Verão, em resposta à escalada do preço do petróleo, escusando-se, contudo, a adiantar quais as rotas que poderão ser afectadas.
«Quando chegar ao Inverno, devemos ter uma redução de um determinado número de voos», afirmou Fernando Pinto, em declarações aos jornalistas no Parlamento, à margem da audição na comissão eventual para o acompanhamento das questões energéticas.

«O que pode acontecer é não ser interessante voar para alguns mercados numa determinada época e esses voos serem suspensos temporariamente», acrescentou o presidente da TAP, escusando-se a adiantar quantos voos ou quais as rotas que poderão ser canceladas no final do Verão.

Com a cancelamento de alguns voos durante o Inverno, Fernando Pinto disse que alguns aviões «ficarão subutilizados», ficando disponíveis para começar a voar para novos mercados.

Recorde-se que no dia 26 de Maio, em declarações à margem de uma conferência internacional sobre transporte aéreo, o presidente da TAP afirmou que a «prioridade» da companhia aérea para responder à crise internacional provocada pelo aumento do preço dos combustíveis é a procura de novos mercados.

«A prioridade é descobrir novos mercados, se não descobrirmos novos mercados, aí sim, a única hipóteses é a redução da dimensão [da empresa]», afirmou, na altura, Fernando Pinto.

Hoje, o presidente da companhia aérea reafirmou hoje que a transportadora está a «fazer tudo» para evitar despedimentos.

Lusa


Última edição por Johny89 em 20.09.08 17:59, editado 1 vez(es)
avatar
Johny89
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 8173
Clube : FC Porto e FC Barcelona
Pontos : 2869
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por batista30 em 18.06.08 10:20

pra mim é igual...lol Wink
avatar
batista30
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1306
Clube : S.L.Benfica, Académica e Anadia FC
Pontos : -29
Data de inscrição : 06/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por Johny89 em 18.06.08 12:35

Estado contrata 15 médicos uruguaios por três anos ...



Portugal vai passar a ter 15 médicos do Uruguai a trabalhar, por três anos, nos serviços de emergência médica dos hospitais, e o Governo está a estudar alargar a experiência a outros países.

O anúncio foi feito pela ministra da Saúde, Ana Jorge, na interpelação parlamentar do CDS-PP sobre política de saúde, em resposta a uma pergunta dos democratas-cristãos sobre a forma como vão ser substituídos os médicos espanhóis que durante anos trabalharam em Portugal e começam agora a regressar ao seu país.

Face à falta de médicos formados em universidades portuguesas - um problema que a governante admitiu vir a agudizar-se no prazo "de quatro ou cinco anos" -, Ana Jorge disse depois aos jornalistas que a contratação de médicos uruguaios era "uma das formas que há" para tentar resolver o problema.

A contratação de 15 médicos uruguaios resulta de um protocolo entre Portugal e Uruguai, experiência que "pode ser alargada a outros países", admitiu a ministra, que não avançou com mais pormenores.

Ana Jorge afirmou que outra das maneiras para tentar fixar médicos ao Serviço Nacional de Saúde (SNS) é fazer acções junto dos jovens estudantes ainda quando estão das universidades.

Lusa
avatar
Johny89
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 8173
Clube : FC Porto e FC Barcelona
Pontos : 2869
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por Johny89 em 19.06.08 7:13

Baleia anã encontrada morta está a ser removida



Uma baleia anã, Balaenoptera acutorostrata, que apareceu morta esta quinta-feira ao largo do cabo de Santa Maria, em Olhão, está a ser rebocada para o porto daquela localidade.

A operação deverá demorar «cerca de três horas», segundo Jaime Trabucho, comandante da Polícia Marítima local, que deverá colaborar com algumas entidades, nomeadamente o Zoo Marine, para «tirar amostras e realizar o estudo biométrico».

A carcaça, com cerca de quatro metros de comprimento e um peso entre as duas e três toneladas, será posteriormente enviada para o Aquário Vasco da Gama, em Lisboa. Segundo Jaime Trabucho, a análise pretende apurar a medida, o peso, a idade e as causas da morte da baleia.

Esta é a quarta vez em quatro anos que uma destas baleias, que se alimentam de plâncton e krill, é encontrada ao largo da costa algarvia, o que, para o responsável da Marinha é um «excelente sinal», porque prova que «há espécies no mar».

Lusa
avatar
Johny89
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 8173
Clube : FC Porto e FC Barcelona
Pontos : 2869
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por Johny89 em 19.06.08 7:57

Verão chega sábado, às 00h59m



O Verão vai ter início este ano às 00:59 de sábado, dia para o qual se prevê céu limpo e temperaturas acima dos 30 graus em várias regiões de Portugal continental.

De acordo com as previsões do Instituto de Meteorologia, no sábado as temperaturas vão ultrapassar os 30 graus centígrados no interior Centro e Sul do continente.

As temperaturas máximas mais elevadas previstas são de 32 graus em Castelo Branco e Portalegre e 31 em Beja e Santarém.

Em Faro os termómetros vão chegar aos 22 graus, Lisboa aos 28 e Porto aos 25.

Nos arquipélagos, no Funchal (Madeira) prevê-se uma máxima de 21 graus e em Angra do Heroísmo (Açores) 20.

O Solstício de Verão ocorre sábado às 00:59, sendo este o instante que marca o início da estação mais quente do ano no Hemisfério Norte.

O Verão vai prolongar-se até às 16:44 do dia 22 de Setembro, altura da chegada do Outono.

Lusa
avatar
Johny89
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 8173
Clube : FC Porto e FC Barcelona
Pontos : 2869
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por Johny89 em 19.06.08 11:57

Mário Lino admite construção de "pipe-line" para abastecer directamente Aeroporto da Portela



O ministro Mário Lino admitiu hoje que o Governo está a estudar a possibilidade de construir um "pipe-line" para abastecer directamente o Aeroporto da Portela, evitando que fique dependente do transporte rodoviário de mercadorias.

"A construção de um gasoduto é uma das medidas" que está a ser equacionada pelo Governo, declarou no final do Conselho de Ministros.

Segundo Mário Lino, neste momento, "há já contactos com o Ministério das Economia para que se encontrem algumas medidas que se justifiquem ainda fazer [no Aeroporto da Portela], apesar de estar em curso um projecto de alteração da localização do Aeroporto Internacional de Lisboa".

Mário Lino referiu-se depois indirectamente aos recentes bloqueios feitos pelas empresas de transporte rodoviário de mercadorias e que colocaram em risco o abastecimento de combustíveis ao Aeroporto da Portela.

"O aeroporto tem de estar mais bem preparado para fazer face a situações como as que aconteceram nos passados dias 09, 10 e 11 deste mês. O gasoduto é uma dessas medidas", disse.

Lusa
avatar
Johny89
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 8173
Clube : FC Porto e FC Barcelona
Pontos : 2869
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por Johny89 em 19.06.08 12:10

Portugueses são os que mais gastam em cafés e restaurantes

Portugal é o país da União Europeia onde mais se gasta a comer fora, seja em cafés ou restaurantes, revela um estudo da Eurostat. Em média, cada português gasta quase 10% dos seus rendimentos em restauração. Atrás dos portugueses estão os espanhóis. Os que menos gastam são os romenos.

Portugal ultrapassa em muito a média europeia no que toca a gastos em cafés e restaurantes. Os europeus gastam, em média, 3,9% do seu orçamento familiar. Já as famílias portuguesas gastam 9,6%, seguidas dos espanhóis com 8,4% e Grécia com 7,7%.

Já no que diz respeito ao consumo de livros e jornais, os portugueses situam-se abaixo da média europeia. As famílias portuguesas despendem 1% dos seus orçamentos para jornais e livros, enquanto a média europeia é de 1,4%. Na Bulgária é onde menos se gasta em imprensa e literatura e a liderar os que mais gastam em leitura estão Malta, Finlândia e Alemanha.

No que diz respeito a bebidas alcoólicas, a Irlanda lidera a tabela com um gasto de 4,1% dos seus rendimentos. Portugal gasta 0,8%, estando abaixo da média europeia que se situa nos 1,2%.

Lusa
avatar
Johny89
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 8173
Clube : FC Porto e FC Barcelona
Pontos : 2869
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por Johny89 em 20.06.08 5:25

Futuros «Indiana Jones» portugueses esperam muito trabalho

Os futuros «Indiana Jones» portugueses que estão a ser formados na Escola Profissional de Arqueologia, no Marco de Canaveses, sabem que, em vez de aventuras e perigos variados, apenas os espera muito trabalho para desenterrar os vestígios do passado.
«Os que vêm para arqueologia a pensar que vão ser como o Indiana Jones têm muita imaginação», afirmou Ricardo Pereira, aluno do primeiro ano do curso de Assistente de Arqueólogo, que lhe permitirá entrar mais tarde na universidade para concluir a formação superior em Arqueologia.

Rodeado pelos colegas de turma, o jovem de Braga encontrava-se entre as ruínas da zona residencial da antiga cidade romana de Tongobriga, nos arredores do Marco de Canaveses, a realizar um trabalho para a disciplina de Registo em Arqueologia.

Ricardo Pereira, que não escondeu a sua paixão pela arqueologia, admitiu que "ainda há muito espaço para a aventura" nesta área de actividade, mas foi muito claro ao dizer que a figura do arqueólogo interpretada no cinema por Harrison Ford «não tem nada a ver com a realidade».

No mesmo sentido, Rosa Soares, directora executiva da escola, frisou que «a arqueologia actual não tem nada a ver com a figura de Indiana Jones», acrescentando que «a maioria dos alunos não vem com essa ilusão».

«O arqueólogo hoje é alguém muito bem preparado cientificamente porque a arqueologia é uma ciência de muito rigor», salientou a responsável da escola.

«As coisas são feitas com muita seriedade e com o apoio de outras ciências que ajudam a interpretar e a analisar os materiais recolhidos nas escavações», concordou Margarida Moreira, arqueóloga e directora pedagógica da escola.

A Escola Profissional de Arqueologia, instituição pública criada em 1990 pelos ministérios da Educação e da Cultura, é a única escola profissional nesta área em Portugal.

Actualmente conta com cerca de 90 alunos, oriundos de vários pontos do país, a maioria dos quais assume que pretende seguir carreira na área da arqueologia.

«Alguns colegas vieram para este curso só para poderem tirar o 12º ano, mas eu vim por gosto, quero ser arqueóloga», afirmou Barbara Lima, que veio de Coimbra para frequentar esta escola.

De mais longe veio Rosalina Varela, que é natural de Cabo Verde e conseguiu um lugar na escola ao abrigo de um protocolo assinado com o município do Tarrafal.

«Estou a gostar muito e vou seguir arqueologia, mas o que gostava mesmo era de ter ido para um curso de gestão», admitiu a jovem caboverdiana, enquanto tentava desenhar uma parte da uma antiga rua romana posta a descoberto pelas escavações.

Como em qualquer escola do ensino secundário, aqui os alunos também têm aulas de disciplinas como Português, Matemática ou Educação Física, mas o que mais os anima são as horas da componente de formação técnica, que os obriga a trabalhar no terreno.

«A escola foi colocada aqui porque se entendeu que tinha lógica estar perto de um local onde os alunos pudessem praticar. Assim, o primeiro contacto com ruínas é feito aqui, na Área Arqueológica do Freixo», salientou Rosa Soares.

Esta área arqueológica, que se estende por cerca de 50 hectares de zona classificada, abrange a antiga cidade romana de Tongobriga, uma das últimas cidades romanas que foram construídas no território que actualmente é Portugal.

«A estação arqueológica acolhe a escola e serve-se da escola», frisou Lino Tavares Dias, que dirige esta zona classificada.

Segundo o arqueólogo, a instalação da escola neste local foi decidida por se sentiu que «havia operários e técnicos superiores, mas não existiam técnicos intermédios».

«A escola surgiu para cobrir essa insuficiência», acrescentou Lino Tavares Dias.

Lusa
avatar
Johny89
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 8173
Clube : FC Porto e FC Barcelona
Pontos : 2869
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por batista30 em 20.06.08 5:27

lol que titulo de noticia...ahahah Wink
avatar
batista30
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1306
Clube : S.L.Benfica, Académica e Anadia FC
Pontos : -29
Data de inscrição : 06/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por Johny89 em 20.06.08 12:39

Novo Aeroporto: Portugal tem oportunidade de ouro para criar algo único dizem Especialistas holandeses

Dois especialistas holandeses em cidades aeroportuárias afirmaram hoje que "Portugal tem uma oportunidade de ouro para criar algo único" ao construir o futuro aeroporto de Lisboa, em Alcochete, numa zona "sem praticamente nada" num raio de 50 quilómetros.

Os arquitectos Mathis e Michael Güller estiveram hoje na Fundação Calouste Gulbenkian onde realizaram uma apresentação sobre "Cidades Aeroportuárias e Desenvolvimento Regional", no âmbito do "Ciclo de Conferências 2008", promovido pela Ordem dos Economistas e pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR).

Os especialistas sublinharam a importância da existência de uma forte infraestrutura ferroviária e um eficiente serviço de transporte público que idealmente deveria transportar "pelo menos 30 por cento das pessoas".

"O aeroporto já não é só a infraestrutura de aviação, mas tudo o que a rodeia. Em Amesterdão, por exemplo, apenas 49 por cento das receitas do aeroporto são provenientes da aviação", explicou Mathis Güller.

"O novo aeroporto de Lisboa será construido numa zona com cerca de 50 quilómetros de diâmetro em que não existe praticamente nada, por isso, Portugal tem uma oportunidade de ouro para criar algo único", disse Michael Güller.

A área a ocupar pelo novo aeroporto foi outro aspecto referido pelos especialistas, que afirmam que "não deverá exceder os 80 ou 90 hectares", caso contrário implica um investimento em transportes significativos só para deslocamentos dentro do próprio aeroporto.

Mathis Güller explicou ainda que, para além do desenvolvimento da região e das empresas que se estabelecerem na zona da chamada "cidade aeroportuária", por cada milhão de pessoas a voar no aeroporto devem ser criados entre 1000 e 1500 empregos.

Lusa
avatar
Johny89
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 8173
Clube : FC Porto e FC Barcelona
Pontos : 2869
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por blitz0 em 20.06.08 13:04

Johny89 escreveu:Estado contrata 15 médicos uruguaios por três anos ...



Portugal vai passar a ter 15 médicos do Uruguai a trabalhar, por três anos, nos serviços de emergência médica dos hospitais, e o Governo está a estudar alargar a experiência a outros países.

O anúncio foi feito pela ministra da Saúde, Ana Jorge, na interpelação parlamentar do CDS-PP sobre política de saúde, em resposta a uma pergunta dos democratas-cristãos sobre a forma como vão ser substituídos os médicos espanhóis que durante anos trabalharam em Portugal e começam agora a regressar ao seu país.

Face à falta de médicos formados em universidades portuguesas - um problema que a governante admitiu vir a agudizar-se no prazo "de quatro ou cinco anos" -, Ana Jorge disse depois aos jornalistas que a contratação de médicos uruguaios era "uma das formas que há" para tentar resolver o problema.

A contratação de 15 médicos uruguaios resulta de um protocolo entre Portugal e Uruguai, experiência que "pode ser alargada a outros países", admitiu a ministra, que não avançou com mais pormenores.

Ana Jorge afirmou que outra das maneiras para tentar fixar médicos ao Serviço Nacional de Saúde (SNS) é fazer acções junto dos jovens estudantes ainda quando estão das universidades.

Lusa

Depois dizem que não há emprego .. Com centenas de jovens a passarem nos cursos de medicina com 19's e 20's valores, contratam Urugaios ! Portugal é uma vergonha !
avatar
blitz0
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1865
Clube : Benfica/Bordéus/Man.Utd
Pontos : -16
Data de inscrição : 05/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por Johny89 em 20.06.08 13:07

blitz0 escreveu:
Johny89 escreveu:Estado contrata 15 médicos uruguaios por três anos ...



Portugal vai passar a ter 15 médicos do Uruguai a trabalhar, por três anos, nos serviços de emergência médica dos hospitais, e o Governo está a estudar alargar a experiência a outros países.

O anúncio foi feito pela ministra da Saúde, Ana Jorge, na interpelação parlamentar do CDS-PP sobre política de saúde, em resposta a uma pergunta dos democratas-cristãos sobre a forma como vão ser substituídos os médicos espanhóis que durante anos trabalharam em Portugal e começam agora a regressar ao seu país.

Face à falta de médicos formados em universidades portuguesas - um problema que a governante admitiu vir a agudizar-se no prazo "de quatro ou cinco anos" -, Ana Jorge disse depois aos jornalistas que a contratação de médicos uruguaios era "uma das formas que há" para tentar resolver o problema.

A contratação de 15 médicos uruguaios resulta de um protocolo entre Portugal e Uruguai, experiência que "pode ser alargada a outros países", admitiu a ministra, que não avançou com mais pormenores.

Ana Jorge afirmou que outra das maneiras para tentar fixar médicos ao Serviço Nacional de Saúde (SNS) é fazer acções junto dos jovens estudantes ainda quando estão das universidades.

Lusa

Depois dizem que não há emprego .. Com centenas de jovens a passarem nos cursos de medicina com 19's e 20's valores, contratam Urugaios ! Portugal é uma vergonha !

Apenas uma correcção ao teu comentário, o Governo é que é uma vergonha ... Rolling Eyes Wink
avatar
Johny89
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 8173
Clube : FC Porto e FC Barcelona
Pontos : 2869
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por blitz0 em 20.06.08 13:09

Oh, claro ..
avatar
blitz0
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1865
Clube : Benfica/Bordéus/Man.Utd
Pontos : -16
Data de inscrição : 05/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por Spieler em 20.06.08 18:11

Johny89 escreveu:
blitz0 escreveu:
Johny89 escreveu:Estado contrata 15 médicos uruguaios por três anos ...



Portugal vai passar a ter 15 médicos do Uruguai a trabalhar, por três anos, nos serviços de emergência médica dos hospitais, e o Governo está a estudar alargar a experiência a outros países.

O anúncio foi feito pela ministra da Saúde, Ana Jorge, na interpelação parlamentar do CDS-PP sobre política de saúde, em resposta a uma pergunta dos democratas-cristãos sobre a forma como vão ser substituídos os médicos espanhóis que durante anos trabalharam em Portugal e começam agora a regressar ao seu país.

Face à falta de médicos formados em universidades portuguesas - um problema que a governante admitiu vir a agudizar-se no prazo "de quatro ou cinco anos" -, Ana Jorge disse depois aos jornalistas que a contratação de médicos uruguaios era "uma das formas que há" para tentar resolver o problema.

A contratação de 15 médicos uruguaios resulta de um protocolo entre Portugal e Uruguai, experiência que "pode ser alargada a outros países", admitiu a ministra, que não avançou com mais pormenores.

Ana Jorge afirmou que outra das maneiras para tentar fixar médicos ao Serviço Nacional de Saúde (SNS) é fazer acções junto dos jovens estudantes ainda quando estão das universidades.

Lusa

Depois dizem que não há emprego .. Com centenas de jovens a passarem nos cursos de medicina com 19's e 20's valores, contratam Urugaios ! Portugal é uma vergonha !

Apenas uma correcção ao teu comentário, o Governo é que é uma vergonha ... Rolling Eyes Wink
avatar
Spieler
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1897
Clube : Benfica
Pontos : -17
Data de inscrição : 20/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por Johny89 em 23.06.08 11:39

Sociedade de Química critica «questões extremamente elementares» no exame ...

A Sociedade Portuguesa de Química (SPQ) criticou hoje a existência de «questões extremamente elementares» no exame nacional de Física e Química A, realizado sexta-feira, considerando que algumas perguntas «exigem apenas que o aluno saiba ler».

Realizada por cerca de 54 mil estudantes do ensino secundário, a prova desta disciplina, nuclear para quem quer seguir Medicina, é uma das que conta com mais alunos inscritos.

Num breve parecer disponibilizado na Internet, exclusivamente sobre a parte de Química, a Sociedade salienta que «todas as perguntas [do exame] se ficam por questões extremamente elementares», criticando ainda a persistência na prova «de algumas questões já 'batidas' em anos anteriores».

Ressalvando não ter conhecimento dos critérios de correcção estipulados pelo Ministério da Educação, a SPQ lamenta igualmente a existência de «questões que pouco ou nada exigem de conhecimentos prévios em Química»

«Exigem apenas que o aluno saiba ler um texto ou os eixos de um gráfico», não precisando «sequer de ter grandes competências a nível da interpretação», critica a Sociedade, apontando como exemplo duas das perguntas da prova.

No ano passado, o exame de Física e Química A do 11º ano figurava entre as três provas com a média mais baixa, com 7,2 valores.

Na altura, o Ministério da Educação decidiu anular uma questão daquele exame, alegando que a incorrecção na formulação de uma pergunta «inviabilizava a concretização de uma resposta correcta»

Para não prejudicar os alunos na classificação final da prova, a tutela decidiu que a nota de cada um dos estudantes que realizou o exame seria multiplicada por 1,0417, o que levantou polémica.

Lusa
avatar
Johny89
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 8173
Clube : FC Porto e FC Barcelona
Pontos : 2869
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por Johny89 em 23.06.08 12:39

Empresas nacionais querem "ajudar" Kiev a organizar Euro 2012



O Governo português vai manifestar ao Presidente ucraniano, Victor Yushchenko, a disponibilidade de empresas nacionais "ajudarem" a Ucrânia a organizar o Campeonato da Europa de Futebol, Euro 2012, disse hoje à agência Lusa fonte do Executivo.

Terça-feira, ao início da tarde, em São Bento, o primeiro-ministro, José Sócrates, recebe o chefe de Estado ucraniano, que se encontra em visita oficial a Portugal desde segunda-feira, seguindo-se a assinatura de acordos bilaterais entre os dois países.

De acordo com fonte do Governo português, os dois países vão assinar acordos de cooperação militar, de combate à criminalidade organizada e ao nível dos transportes aéreos, tirando partido de a comunidade ucraniana ter mais de 40 mil cidadãos em Portugal.

Os executivos de Lisboa e de Kiev assinam ainda um acordo para um roteiro no desenvolvimento das relações entre os dois países até 2010, prevendo "a intensificação do diálogo político, a cooperação económica, a segurança, justiça, cultura e ciência.

Entre os projectos mais relevantes para o desenvolvimento das relações económicas entre os dois países, está a possibilidade de um conjunto de empresas nacionais ajudarem a Ucrânia na organização do Euro 2012.

Nos últimos meses, a UEFA tem pressionado as autoridades ucranianas para melhorarem aspectos que considera essenciais na organização de um Campeonato da Europa de Futebol, designadamente ao nível da renovação dos estádios.

"Partindo da sua experiência com o Euro 2004, Portugal tem um conjunto de empresas capazes de ajudarem este país, nomeadamente no ramo da construção civil", disse fonte do executivo.

Em termos de relações bilaterais, as trocas comerciais entre os dois países são consideradas "pouco expressivas, apesar de as exportações nacionais estarem a crescer a um ritmo médio de 20 por cento nos últimos anos.

No que respeita a empresas nacionais presentes no mercado ucraniano, destacam-se o Grupo Amorim, a Teixeira Duarte, a Cimpor e a Martifer.

"Têm ainda projectos de investimento na Ucrânia o Banif na área financeira e o Grupo Jerónimo Martins na área da distribuição", adiantou fonte do Executivo.

Ao nível político, José Sócrates e Victor Yushchenko deverão abordar temas relacionados com os objectivos da Ucrânia de aderir já à NATO e a prazo `a União Europeia.

Hoje, durante um conferência de imprensa conjunta com Victo Yushcheko, o Presidente da República, Cavaco Silva, disse que Portugal "apoia uma aproximação da Ucrânia à NATO e à União Europeia".

O presidente ucraniano centrou as suas preocupações na comunidade ucraniana residente em Portugal, dizendo esperar terminar em Setembro as negociações com o Governo português, tendo em vista um acordo na área da Segurança Social.

Lusa
avatar
Johny89
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 8173
Clube : FC Porto e FC Barcelona
Pontos : 2869
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por Johny89 em 24.06.08 6:54

Agricultores saem para a rua em protesto na quarta-feira

Depois de ter entregue um caderno reivindicativo ao Governo no passado dia 13 de Junho, no qual solicitava apoios contra o aumento do preço dos combustíveis, a Confederação Nacional de Agricultura prepara-se para desencadear uma série de protestos, a começar, no Norte do País, já nos próximos dias.

Segundo a edição desta terça-feira do Jornal de Notícias, os protestos dos agricultores, que entre outras coisas pretendem um maior desconto fiscal para o gasóleo agrícola, começam esta quarta-feira, em Estarreja, seguindo-se, na quinta-feira, Braga. Chaves, pelo contrário, está agendada para Julho.

«Não temos alternativa senão continuar os protestos. É a única linguagem que é ouvida pelo Governo», já confessou João Dinis, da direcção da CNA.

Recorde-se que, ontem, foi a vez da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) pedir formalmente ajuda ao Governo para enfrentar o preço dos combustíveis, com a entrega de uma caderno reivindicativo com 10 medidas que incluem uma majoração de 35% dos custos em gasóleo no imposto e uma redução de 30% na matéria colectável em 2008.

A CAP revelou ainda que vai esperar até ao final da semana por uma resposta do Governo, não afastando a possibilidade de sair para a rua em protesto, juntando-se assim à CNA.

Em resposta a estas tomadas de posição, o ministro da Agricultura, Jaime Silva, já afirmou que a melhor resposta que os agricultores podem dar é «aumentar a produção».

O ministro da Agricultura, Jaime Silva, diz que a melhor resposta que os agricultores podem dar é «aumentar a produção».

Lusa
avatar
Johny89
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 8173
Clube : FC Porto e FC Barcelona
Pontos : 2869
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por Johny89 em 24.06.08 11:42

Sócrates apoia adesão de Kiev à UE e à NATO e elogia imigrantes ucranianos

O primeiro-ministro, José Sócrates, afirmou hoje que o Governo tudo fará para reforçar as condições de integração dos imigrantes ucranianos em Portugal e manifestou o apoio à adesão da Ucrânia à União Europeia e NATO.

As palavras de José Sócrates foram proferidas perante o Presidente da República da Ucrânia, Victor Yushchenko, em São Bento, após os dois países terem assinado um conjunto de acordos de cooperação bilateral.

José Sócrates fez primeiro um rasgado elogio do papel desempenhado pelos cerca de 40 mil imigrantes ucranianos residentes em Portugal.

«É uma comunidade de bons cidadãos, constituída por pessoas muito trabalhadoras e muito empenhadas no desenvolvimento de Portugal. Com orgulho, Portugal tem uma política de imigração que é muito focada na necessidade de integração e é considerada a segunda política mais progressista e amiga do imigrante em toda a União Europeia», sustentou.

Nesse sentido, o primeiro-ministro assegurou a Victor Yushchenko que «o Governo e as autoridades portuguesas tudo farão para que os imigrantes ucranianos se integrem bem na sociedade e disponham de todas as oportunidades que os cidadãos portugueses também têm».

José Sócrates aproveitou depois para transmitir uma mensagem do presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, segundo a qual o município disponibilizará «rapidamente» um espaço para a instalação da Associação da Comunidade Ucraniana em Portugal.

Em relação às relações políticas entre os dois países, o primeiro-ministro assegurou que «Portugal apoia os dois objectivos centrais da política externa da Ucrânia: a adesão á União Europeia e à NATO».

«Portugal apoia e está muito empenhado nesse processo», reforçou o chefe do Governo português, antes de se referir à componente económica das relações bilaterais.

«As relações económicas entre os dois países devem elevar-se ao nível das excelentes relações políticas. Por isso, a primeira reunião da comissão mista de assuntos económicos e culturais reunirá já em Julho», disse.

Neste capítulo, Sócrates adiantou que «a comunidade empresarial portuguesa olha para a Ucrânia como um país cheio de oportunidades».

Lusa
avatar
Johny89
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 8173
Clube : FC Porto e FC Barcelona
Pontos : 2869
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por Johny89 em 25.06.08 5:58

Portugueses optam cada vez mais por comprar carros no estrangeiro



Apesar de os carros novos em Portugal serem os mais baratos da Europa, os pesados impostos fazem com que haja cada vez mais portugueses a comprar automóveis usados ou semi-novos no estrangeiro. Esta opção dirige-se sobretudo a carros de alta cilindrada e a Alemanha é o país preferido por não ter imposto de matrícula e o IVA ser de 19%.

Segundo o relatório da Direcção Geral de Alfândegas, em 2007 foram introduzidos mais de 55 mil carros importados no país, mais 6,8% do que no ano anterior, sendo que a Alemanha continua a ser o país mais procurado por não possuir imposto de matrícula e a taxa de IVA ser de 19%.

Ainda de acordo com o relatório do Observador Cetelem 2008, Portugal tem os preços de automóveis novos mais baixos da Europa antes de impostos. Porém, pelo facto de a carga fiscal ser muito pesada e tendo em conta a conjuntura de crise que se faz sentir, a importação de carros usados tem vindo a aumentar.

A compra de viaturas importadas com 1 a 6 meses tem a grande vantagem de poder ser feita com uma diferença entre 15% a 30% relativamente a um veículo com zero quilómetros. Além desta diferença de preços, conta também o excelente estado em que se encontram os carros importados, quando vindos directamente das marcas oficiais alemãs.

Apesar de todos os benefícios da importação automóvel, é necessária precaução para que os direitos dos consumidores sejam salvaguardados. Actualmente, são já conhecidos alguns casos de fraudes online, o meio que assume maior expressão para aquisição de automóveis fora do país.

O director de consultoria da MBM mobile, empresa de gestão e importação de automóveis de luxo, afirma: «Os nossos serviços têm sido cada vez mais requisitados por clientes de classe social elevada que, conscientes das vantagens inerentes ao rácio custo/benefício da importação de automóvel, não estão contudo dispostos a correr riscos neste tipo de negócio».

SOL
avatar
Johny89
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 8173
Clube : FC Porto e FC Barcelona
Pontos : 2869
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por batista30 em 25.06.08 7:09

to a pensar ir buscar um integra type-r a alemanha... Twisted Evil
avatar
batista30
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1306
Clube : S.L.Benfica, Académica e Anadia FC
Pontos : -29
Data de inscrição : 06/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por Johny89 em 25.06.08 11:37

Cuidado com os e-mails que chegam da Costa do Marfim



O governo português alerta para burlas e desaconselha trocas de correio electrónico com o país.

O Governo português alertou hoje para eventuais burlas que estão a ser feitas por e-mails provenientes da Costa do Marfim e aconselha os portugueses a evitarem trocas de correio electrónico se forem contactados para comprar bens naquele país, avança a agência Lusa.

Na página electrónica da Secretaria de Estado das Comunidades, o Governo recomenda um “especial cuidado com os contactos via e-mail procedentes da Costa do Marfim, propondo a cidadãos nacionais residentes em Portugal a aquisição de casas, terrenos, carros e outros bens que se encontram à venda na Internet”.

“Alegados interessados apresentam-se como decididos a comprar, solicitando o envio prévio de uma «taxa bancária» para poderem transferir o montante global do pagamento acordado”, lê-se no site, de acordo com a mesma fonte.

MSN Notícias
avatar
Johny89
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 8173
Clube : FC Porto e FC Barcelona
Pontos : 2869
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por Johny89 em 26.06.08 12:49

Microsoft compra portuguesa MobiComp



A Microsoft anunciou que vai comprar a MobiComp, empresa portuguesa com sede em Braga, por «dezenas de milhões de euros», naquele que é o maior investimento da multinacional em Portugal, revelou o director-geral da empresa no nosso país.

A revelação foi feita em conferência de imprensa, onde Nuno Duarte avançou que «a Microsoft tem a intenção de aquisição da totalidade do capital social da MobiComp, sedeada em Braga, empresa que vai integrar um centro de investigação e desenvolvimento como parte da rede dos centros do grupo e um dos mais importantes na área da mobilidade».

Em relação a este centro o responsável referiu que «este será o primeiro centro de serviços móveis da Microsoft na Europa».

O director-geral da Microsoft Portugal acrescentou que esta «é uma boa oportunidade para a Microsoft e mostra como uma empresa portuguesa consegue fazer um produto inovador à escala mundial, o que significa que em Portugal há pessoas capazes», tendo considerado ainda que «a MobiComp complementa a visão da Microsoft e permite, com esta aquisição, colocar software a partir de Braga no nosso parque instalado de cerca de 20 milhões de licenças vendidas».

Nuno Duarte escusou-se a avançar os números envolvidos no negócio, mas revelou que irá apresentar mais detalhes durante o próximo mês, mais concretamente «dentro de duas a três semanas», sublinhando que será «um valor significativo numa área de tecnologia de ponta».

O responsável não deixou de realçar que todos os actuais trabalhadores da MobiComp manterão os seus postos de trabalho.

Criada em 2000 por Carlos Oliveira, a MobiComp é uma empresa especializada em soluções de negócio baseadas em tecnologias de computação e comunicações móveis.

O responsável máximo pela MobiComp afirmou que «a empresa nunca esteve à venda, tendo a iniciativa partido da Microsoft».
avatar
Johny89
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 8173
Clube : FC Porto e FC Barcelona
Pontos : 2869
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por Johny89 em 27.06.08 16:46

I Encontro Internacional de Ovnilogia reúne especialistas em Lisboa



Os contactos estabelecidos com terrestres, a exploração espacial e os indícios de vida no universo são alguns dos temas do I Encontro Internacional promovido pela Sociedade Portuguesa de Ovnilogia (SPO) a 05 de Julho, em Lisboa.

Subordinado ao tema «O Fenómeno OVNI e as Perspectivas de Vida no Universo», o I Encontro Internacional de Ovnilogia SPO realiza-se, a partir das 14h00, no auditório do Instituto Português da Juventude, no Parque das Nações, contando com a presença de diversos investigadores.

A sessão abre com uma intervenção de Nuno Montez da Silveira, presidente da Sociedade Portuguesa de Ovnilogia, e prossegue com a palestra «O Fenómeno OVNI da História ao Futuro», proferida pelo investigador independente João Matos.

Segue-se, às 15h20, «A exploração espacial e a busca por indícios de vida no Universo no século XXI - o exemplo da Missão h.a.d.e.s.», pelo biólogo Carlos M.G.L. Teixeira, mestre em Biologia da Conservação, e "Serão os Anjos do Passado os Extraterrestres do Presente? O Contactismo", pelo ovniólogo Paulo Cosmelli.

Pelas 17h20, Francisco Carrapiço, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, falará sobre «A origem da vida: uma inevitabilidade cósmica», sendo a última conferência, intitulada "O Caso Varginha", proferida por Ademar José Gevaerd, presidente do Centro Brasileiro de Pesquisas de Discos Voadores e editor da revista UFO (sigla inglesa para OVNI, muito utilizada no Brasil).

Em declarações à agência Lusa, Nuno Montez da Silveira afirmou que «há cerca de 30 anos que não se fazia, em Lisboa, uma iniciativa sobre o tema com a presença de especialistas nacionais e estrangeiros e aberta ao público».

De acordo com o presidente da Sociedade Portuguesa de Ovnilogia, «neste tipo de iniciativas participam pessoas que já têm algum grau de interesse e de conhecimento sobre o tema ou que são movidas pela curiosidade».

«Geralmente, há sempre alguém no público com um caso para contar. São histórias em bruto, que as pessoas viveram mas não analisaram e que trazem até nós em busca de respostas», revelou Nuno Silveira.

Os casos mais referidos são «observações nocturnas de luzes no céu, sobretudo no litoral e no Verão», podendo a frequência nesta altura do ano «dever-se a dois factores: as pessoas saírem mais de casa e as boas condições atmosféricas, nomeadamente com a ocorrência de céu limpo», acrescentou.

Outros dos locais aparentemente privilegiados para os avistamentos são as serras, sobretudo a da Arrábida e a da Gardunha, onde a Sociedade Portuguesa de Ovnilogia também faz os seus estudos de campo e vigílias.

Sublinhando a vertente científica do Encontro, Nuno Montez da Silveira adiantou à Lusa que, para iniciativas futuras, a Sociedade Portuguesa de Ovnilogia pretende convidar meteorologistas «que falem dos fenómenos atmosféricos» e astrónomos «que abordem a mecânica celeste».

A intenção é impedir «que fenómenos naturais cuja explicação científica é conhecida sejam confundidos, por quem os observa, com sinais de vida extraterrestre», esclareceu o responsável.

Paralelamente ao I Encontro Internacional de Ovnilogia SPO, o Instituto Português da Juventude acolhe, de 01 a 12 de Julho, a exposição «Do Outro Mundo», com informação sobre os mais mediáticos casos do fenómeno OVNI.

A Sociedade Portuguesa de Ovnilogia vai igualmente organizar três iniciativas com Ademar José Gevaerd, a primeira das quais, a palestra «Operação Prato - OVNIS na Amazónia» terá lugar a 06 de Julho na livraria FNAC do Chiado, em Lisboa.

A 10 de Julho realiza-se a tertúlia «OVNIS no Brasil», na Cabana dos Parodiantes, em Salvaterra de Magos, e dia 13 do mesmo mês a FNAC do CascaisShopping recebe a intervenção «Caso Riolândia - Liberdade de Informação Já».

Lusa
avatar
Johny89
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 8173
Clube : FC Porto e FC Barcelona
Pontos : 2869
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jornal Nacional

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 13 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 11, 12, 13  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum