R E L V A D O T U G A • FUTEBOL TOTAL
Bem-vindo ao Fórum Relvadotuga.com. Entra já para esta comunidade Regista-te!

Associação Desportiva de Machico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Associação Desportiva de Machico

Mensagem por danyro em 14.05.08 17:42

em breve


Última edição por danyro em 04.08.08 11:36, editado 1 vez(es)
avatar
danyro
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1242
Clube : Porto
Pontos : 1
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário http://naodizesnada.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Desportiva de Machico

Mensagem por danyro em 14.05.08 17:57


Machico notificado



A AD Machico já recebeu a notificação da FPF sobre o processo disciplinar que lhe foi instaurado em função de ter chegado atrasado cerca de 30 minutos ao embate frente ao Maria da Fonte, referente à penúltima jornada da fase de manutenção, da Série A1.
Os machiquenses já entregaram o caso ao seu departamento jurídico, informando também a Associação de Futebol da Madeira sobre os acontecimentos.
Agora, esta etapa implica alguma paciência (leia-se tempo) de modo a apurar qual o desfecho sobre o assunto. Mas parece um dado adquirido que tanto Machico como a Camacha (que pode descer caso os três pontos do jogo da polémica revertam a favor do Maria da Fonte) interponham recurso se o cenário não lhes for favorável.
Entretanto, também ontem, o presidente do Nelas, que desce ao campeonato nacional da III Divisão, optou por contestar a "discrepância dos regulamentos" que relegaram o clube do distrito de Viseu. Luís Rodrigues entende que a fase de manutenção é definida por dois critérios diferentes dos regulamentos da FPF: primeiro a classificação global e depois por coeficiente.
Edmar Fernandes - DN MADEIRA
avatar
danyro
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1242
Clube : Porto
Pontos : 1
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário http://naodizesnada.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Desportiva de Machico

Mensagem por danyro em 31.05.08 9:10


Dois anos de suspensão
Conselho de Disciplina da FPF com mão pesada para atraso da AD Machico

Pena máxima para a AD Machico no processo disciplinar levantado pela Federação Portuguesa de Futebol pelo atraso no início do jogo no recinto do Maria da Fonte.
Apesar da chegada tardia dos machiquenses ao campo ter-se devido ao atraso nos voos entre Funchal-Lisboa e Lisboa-Porto, o CD não teve contemplações para com os machiquenses: derrota no jogo (0-3), multa de 2500 euros (o máximo) e, porque essa derrota implicou com as subidas e descidas, foram acrescentados ao castigo a desclassificação do campeonato e dois anos de suspensão.
Um castigo pesado e que não só impede a equipa machiquense de disputar o campeonato nacional da III divisão na próxima época - existe a dúvida se a equipa B pode disputar o 'regional' -, mas também despromove o Fafe para o escalão terciário.

Vamos recorrer
José Belo, presidente da AD Machico, não se conforma. "A única coisa que vejo aqui é uma grande falta de senso", desabafou o dirigente machiquense. "O Brito, da III divisão, desistiu da segunda fase do campeonato e apanhou apenas um ano de suspensão. Nós, que fizemos os jogos todos, só porque chegámos vinte minutos atrasados a um jogo que até ganhámos, apanhamos a pena máxima. Não faz sentido. Parece que nos querem empurrar para baixo", reforça.
Perante este cenário, garante que o caso foi já entregue ao departamento jurídico do clube e que será apresentado recurso dentro do prazo de cinco dias previsto para o efeito. E mostra-se confiante num retrocesso. "Nada fizemos de mal e isso terá de ser tomado em conta", confia.

Rui Marote lamenta
Confrontado pelo DIÁRIO com o castigo aplicado à AD Machico, o presidente da Associação de Futebol da Madeira, Rui Marote, referiu: "É de lamentar que tenha acontecido uma situação do género, embora o clube ainda tenha a possibilidade de recorrer ao Conselho de Justiça da FPF, relativamente à matéria que alegou ao Conselho de Disciplina. Resta agora aguardar pelas últimas instâncias, que poderá trazer alguma alteração". Quanto à possibilidade de o Andorinha poder vir a beneficiar do apoio do IDRAM em caso de se confirmar a desclassificação da AD Machico, ficando assim em condições de avançar para a III divisão, o presidente da AFM adiantou: "Neste momento não posso emitir qualquer opinião, porque não tenho elementos para o fazer. Contudo, há que referir que o Andorinha já informou a Federação da sua desistência", disse Marote.

Esperança no Andorinha
Dúlio Martins, próximo presidente do Andorinha, soube da informação através do DIÁRIO. Apanhado de surpresa, o dirigente do clube de Santo António admite repensar a decisão tomada esta semana e que indicava a permanência do Andorinha no Regional da I Divisão. Assim, existe a esperança, em Santo António, de o clube beneficiar do subsídio do Governo Regional, o que podia viabilizar a subida à III Divisão. Resta saber se a Federação irá permiti-lo, pois as inscrições terminaram no dia 28.
DN MADEIRA
avatar
danyro
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1242
Clube : Porto
Pontos : 1
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário http://naodizesnada.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Desportiva de Machico

Mensagem por danyro em 01.06.08 10:16


Benfica como exemplo
AD MacHico já tem definida a estratégia para recurso aos dois anos de suspensão

Se o Amadora-Benfica e o Belenenses-Guimarães também começaram atrasados e ninguém foi punido por isso, não há também motivos para que a AD Machico seja desclassificada por entrada atrasada em campo num jogo que até ganhou? Esta é uma das ideias que vão sustentar a defesa da AD Machico no recurso ao castigo que lhe foi aplicado pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol pelo caso Maria da Fonte.
Afonso Velosa, o advogado do clube neste processo, está já a preparar o recurso a entregar na FPF nos primeiros dias desta semana, e para além de citar os dois exemplos atrás referidos (acontecidos na penúltima jornada do campeonato), irão ser utilizados outros argumentos.
O exemplo do Brito, clube da III divisão que decidiu não participar na segunda fase, tendo sido punido apenas com um ano de suspensão, será também uma das 'armas' machiquenses, que não vão ficar contudo por aqui.
O facto de o próprio acórdão do castigo admitir que a culpa do atraso não é do clube mas sim das ligações aéreas é mais um ponto a favor da defesa do clube tricolor, cujo presidente, José Belo, garante a vontade de "lutar até ao fim." "Estão a tentar empurrar os clubes da Madeira para baixo", reforça o dirigente machiquense, que assume a intenção de levar o processo até onde for possível caso o Conselho de Justiça não dê razão ao recurso dos machiquenses.
Uma exposição ao secretário de Estado do Desporto a denunciar a situação é uma das hipóteses já equacionadas, mas há outras. Quanto a um eventual recurso aos tribunais, Belo mostra-se cauteloso. "Se chegarmos a esse ponto vamos analisar bem a situação e então tomar uma decisão.".

Equipa B em dúvida
Caso se mantenha a pena de suspensão, nos próximos dois anos a AD Machico não pode competir com a sua equipa sénior nas competições organizadas pela Federação.
No entanto, subsistem ainda algumas dúvidas quanto à real extensão dessa suspensão, a começar pela possibilidade de participar no campeonato regional.
A Associação de Futebol da Madeira é filiada na FPF, pelo que a suspensão deverá estender-se também à competição regional.
José Belo acredita contudo que a equipa 'B', esta época promovida à I divisão, pode competir nesse período. "É uma equipa considerada de formação e por isso fica fora deste castigo", justifica.
Por saber está em que divisão a AD Machico irá competir depois de cumprido o castigo. "O nosso entendimento é que voltaremos à III divisão", diz José Belo. O Estrela da Calheta, punido com dois anos de suspensão por ter desistido do campeonato nacional da III divisão, voltou à competição no início desta temporada (2007/08) no escalão mais baixo da competição, a II divisão regional. Resta saber no caso da AD Machico como será.

Fafe despromovido
O grande prejudicado com esta desclassificação da AD Machico é o Fafe, que de primeiro classificado passa para terceiro, sendo assim despromovido.
Tudo porque, segundo os regulamentos federativos, no caso de uma equipa ser desclassificada por factos ocorridos na segunda volta da competição, são anulados os resultados obtidos por essa equipa apenas na segunda volta. A Camacha perde apenas 1 ponto (tinha empatado em Machico), enquanto Fafe e Maria da Fonte perdem 3. Este último perde os tais três pontos ganhos na 'secretaria' no tal jogo diante de Machico.
Perante este cenário, Camacha termina o campeonato com 28 pontos.
Maria da Fonte é segundo, com 27, e Fafe terceiro, com 26.
Descida directa para os fafenses, enquanto o Maria da Fonte desce como pior segundo das Sub-séries A1 e A2, pois tem pior coefeciente que o Portosantense.
A equipa do Porto Santo só desce porque a descida directa de uma equipa dos Açores implica a despromoção de mais uma equipa, e dos quatro segundos que não descem, o Portosantense é o que tem pior coeficiente.
Saturnino Sousa - DN MADEIRA
avatar
danyro
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1242
Clube : Porto
Pontos : 1
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário http://naodizesnada.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Desportiva de Machico

Mensagem por danyro em 10.06.08 4:59


"Não somos juristas mas sabemos os regulamentos"

Belo tranquiliza sócios: "Machico não irá suspender a sua actividade desportiva"



O futuro da Associação Desportiva de Machico é uma incógnita, desconhecendo-se se irá competir ou não na próxima temporada na III Divisão Nacional. O clube recorreu da pena de suspensão de 2 anos aplicada pela Federação Portuguesa de Futebol por ter infringido os regulamentos e aguarda pelo veredicto final. A direcção já foi criticada publicamente por antigos dirigentes por falta de informação aos sócios exigindo um apurar de responsabilidades. José Belo respondeu com uma AG marcada para o dia 28 adiantando que os sócios são soberanos, mas uma coisa garante: Machico não irá suspender a actividade desportiva, independentemente da decisão federativa, inclusivé mostra-se confiante e optimista quando ao desenlace do caso Maria da Fonte.
Da mesma forma que a 'mulher do Minho fez da foice, espada', para derrotar castelhanos, Belo avança que a 'guerra' actual é outra e acredita que a razão do clube falará mais alto na luta contra aqueles que querem afastar o clubes ilhéus das competições nacionais.

Inevitavelmente esta foi uma má época para a ADM sob o ponto de vista desportivo? Os resultados provam isso. Por diversos factores… houve muitas coisas que efectivamente falharam e aponto como uma das principais razões ao facto das equipas madeirenses terem sido descriminadas na série onde Machico competiu. Outros clubes como Camacha e Portosantense já fizeram ecos da sua revolta na comunicação social. Mas como tudo não bastasse os resultados e as exibições da equipa estiveram muito aquém das nossas expectativas consumando-se o que parecia inevitável. Foi efectivamente uma época para esquecer.

A promoção da equipa B, a participação dos iniciados no final da 'taça' e a manutenção do voleibol foram pequenas vitórias num rol de desilusões… No cômputo geral até sou de opinião que a época foi positiva. A nossa principal aposta está na formação e os frutos já começaram a surgir após as sementes lançadas quando iniciamos o nosso mandato. O exemplo é o Ado, um jogado formado no clube e atingiu esta temporada a internacionalização. Nesse contexto considero uma aposta ganha e a exigir continuidade. Apesar das dificuldades encontradas ao longo da temporada o voleibol manteve-se na I Divisão atingindo o objectivo proposto.

Quero realçar que Machico continua a ser um clube em crescimento, no que concerne ao número de atletas e novas modalidades, e a despromoção não significa que o clube esteja em decadência.

Voltando à equipa principal, a sua direcção já diagnosticou a razão de tão maus resultados, onde não há memória no historial do clube? Não houve muita quantidade em detrimento da qualidade e um número excessivo de veterania? Houve coisas muito estranhas que se passaram neste campeonato. Tudo começou mal desde o treinador Filipe Moreira que roeu a corda depois de se ter comprometido com o clube. O plantel dava garantias de poder realizar uma temporada sem sobressaltos, daí não considerar que 29 jogadores seja excessivo, uma vez que alguns atletas vinham da formação, outros ainda possuem idade de júnior visando a integração, e competiam na equipa B apesar de treinarem com a formação principal.

Quem é o director do clube responsável pelo futebol profissional, pela escolha do plantel e pelo planeamento da temporada? Os directores responsáveis por tudo o que se passa no clube são os membros de sempre, é toda a direcção. Há responsáveis pelo futebol mas há um colectivo por mim presidido que analisa e decide. Desde que esta direcção tomou os comandos da Associação de Machico tudo é dissecado e aprovado por unanimidade. Não vamos crucificar na praça pública as pessoas directamente ao futebol só porque os resultados desportivos não foram atingidos.

Mas pior que a despromoção foi a chegada tardia ao jogo com Maria da Fonte e que poderá trazer sequelas imagináveis ao clube... Isso é uma situação que ainda decorre nos trâmites da Federação Portuguesa de Futebol uma vez que recorremos da decisão da pena que nos foi aplicada. Sinceramente estou com fortes esperanças que a FPF nos irá dar razão após analisar a exposição feita detalhadamente pelo nosso departamento jurídico. A culpa não é do clube mas sim da TAP que não garantiu voo para os passageiros em trânsito Lisboa-Porto após check-in feito no Funchal.

Quem tomou a decisão da equipa viajar no próprio dia do jogo, tendo em conta os regulamentos vigentes? A direcção decide, a direcção executa. Nós não fugimos a qualquer tipo de responsabilidade e estaremos sempre disponíveis para esclarecer os sócios em tempo oportuno. Li na comunicação social que alguns associados estão descontentes com toda esta situação mas é legítimo que assim pensem pois isso é prova que estão atentos à vida do clube e pretendem ser esclarecidos. Na ADM os sócios são soberanos e saberão em AG convocada para o próximo dia 28 ouvir as razões da direcção. Quero frisar que esta assembleia estava há muito agendada e não surgiu na sequência de depoimentos feitos circunstancialmente ao Diário por ex-dirigentes do clube.

…E visando os principais críticos com algumas indirecta. Não serão necessárias quaisquer investigações policiais porque os responsáveis estão no clube e identificados. Nós não fugimos nem para a China nem para o Brasil pois na nossa óptica temos procedido bem e sempre em prol dos interesses do clube. Como diz o povo, os primeiros a fugir são os ratos… Os assuntos internos do clube são tratados em sede própria e não na praça pública. …Vamos prestar os devidos esclarecimentos. Não estamos agarrados a nada, estamos no clube por amor e para cumprir uma missão que nos foi confiada, mas caso os sócios assim o entendam estamos disponíveis para abdicar dos cargos.

Ninguém é culpado e todos são culpados… não se confirma então uma notícia que circula em Machico segundo a qual a ida no próprio dia do jogo tinha como objectivo castigar os jogadores pela má época realizada e que os directores Raul Miranda e Sérgio se opuseram? Não corresponde à verdade e é a primeira vez que ouço falar nisso e não sei donde partiu essas informações. Os jogadores foram informados em tempo útil que apenas pretendíamos reduzir custos e as decisões são tomadas em colectivo como já referi.

Sabiam que chegando atrasados aos jogos nas 3 últimas jornadas estavam a infringir os regulamentos e consequentemente castigados? Não somos juristas nem professores nessa área mas sabemos das normas que regem a competição. Apenas pretendemos a redução dos custos uma vez que a nossa situação já estava definida. Mas não foi apenas Machico que viajou no próprio dia do jogo. Marítimo B, Naval 1º de Maio e Santana já procederam de igual forma deslocando-se em dias de competição. É bom que as pessoas saibam que herdamos uma herança bastante pesada deixada pela anterior direcção. Sabe qual é o jogador mais bem pago do clube: são as dívidas ao estado que os outros de forma irresponsável não foram capazes de sanar enquanto cá estiveram. Neste momento ainda estamos a pagar dívidas ao fisco e não regularizadas relativo a 2000/2001.

Confirma-se então que Machico pode suspender a actividade se não for dado provimento ao recurso apresentado pelo clube? Não há razões para tamanho pessimismo pois a Associação Desportiva continuará a ser um clube viável e estou convicto que a Federação acabará por nos dar razão. Não estou a ver outro cenário que não seja a nossa participação na próxima temporada na III Divisão. Depois há outras razões para nos mantermos em actividade pois o clube não se cinge apenas ao futebol sénior. Temos a formação, o voleibol, natação, karaté, etc movimentando aproximadamente 450 atletas. Somos um clube representativo da cidade e virado para a população em especial para a juventude. Os sócios podem estar tranquilos que iremos ganhar mais esta batalha.

Mesmo que a decisão da Federação seja desfavorável? Isso não se coloca pois estou convicto que os nossos argumentos serão atendidos por quem tem o poder de decisão. Trabalhamos o processo de forma bem vincada com juristas conhecedores da lei. Quero ainda destacar que recebemos a solidariedade de vários clubes do continente, considerando que fomos injustiçados, ao contrário dalgumas colectividades da região, o que lamentamos.

Presidente da autarquia reagiu normalmente
"É natural que o presidente da Câmara tenha reagido da forma como o fez, pois para além de gostar do clube tem responsabilidades acrescidas no município. Teve um procedimento correcto ao chamar os sócios a responsabilidade de decidir sobre o futuro do clube, pois a Associação possui um papel elevado na cidade ao proporcionar aos jovens condições ímpares para poderem praticar desporto. Machico não deixou de ser a principal referência do concelho só pelo facto de ter descido de divisão. O clube não vive apenas do futebol. Sozinhos temos mais atletas que os outros clubes juntos".
Miguel Justino - DN MADEIRA
avatar
danyro
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1242
Clube : Porto
Pontos : 1
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário http://naodizesnada.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Desportiva de Machico

Mensagem por danyro em 25.06.08 8:45


A Associação Desportiva de Machico vai reunir-se em Assembleia-Geral ordinária. O primeiro ponto está reservado para a apreciação e votação das contas e relatório da direcção e respectivo relatório do Concelho Fiscal, respeitante ao exercício da época 2006-2007.
No segundo ponto da Assembleia-Geral ordinária, convocada para sexta-feira, pelas 19 horas, na sede do clube, situada na Rua da Estacada nº 9, os sócios da colectividade 'tricolor' terão a oportunidade de debater a actual situação desportiva do clube.
Recorde-se que antes do início da ordem de trabalhos, será colocada à votação a acta da Assembleia Geral anterior. Caso não se encontre, à hora marcada a maioria absoluta dos seus membros, a Assembleia Geral funcionará uma hora mais tarde, em segunda convocação com qualquer número de sócios.
Face ao momento conturbado da colectividade, perspectiva-se uma reunião de sócios bastante concorrida.
Martinho Fernandes - DN MADEIRA
avatar
danyro
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1242
Clube : Porto
Pontos : 1
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário http://naodizesnada.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Desportiva de Machico

Mensagem por danyro em 26.06.08 19:02


Élio e Pires únicos com contrato em Machico
Élio e Pires são os dois únicos jogadores ainda com contrato na AD Machico que espera por uma resposta positiva de modo a permanecer na II Divisão. A composição do plantel bem como o sucessor de João Luís terão de ser resolvidos depois de uma decisão definitiva. Existem jogadores disponíveis a continuar, existe alguma re-ciprocidade dos responsáveis tricolores mas este não é o “timing” certo para avanços nesse assunto. Alguns dos atletas merecem o interesse de outros emblemas como é o caso do esquerdino Élio.
João Paulo Faria - JORNAL DA MADEIRA
avatar
danyro
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1242
Clube : Porto
Pontos : 1
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário http://naodizesnada.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Desportiva de Machico

Mensagem por danyro em 28.06.08 5:24


Machico com passivo de 681.000 euros
Foi (muito) pouco concorrida a assembleia-geral da Associação Desportiva de Machico que ontem decorreu na sede social do clube. Longe vão os tempos das reuniões 'quentes' polémicas e participativas, sintomático de que os associados continuam a afastar-se cada vez mais da vida da colectividade.
Subjacente a todo este alheamento poderá estar a crise de resultados da última temporada que relegou a equipa para a III Divisão, mas nem a explicação da direcção sobre o processo que se encontra em fase de decisão do Conselho de Disciplina da FPF após o recurso do clube, e que fazia parte do ponto nr. 2 da ordem de trabalhos, justificou a mobilização e interesse dos associados. Não chegou a uma dezena o número presente na assembleia o que levou uma associada a recordar Fernando Farinha cantarolando "velhos tempos….".
Paulo Chagas, elemento da actual direcção, foi crítico para com os sócios que "falam na praça pública, mas não aparecem na hora da verdade", ao mesmo tempo que considerou ser "frustrante para quem dirige, o desinteresse da massa associativa pelo clube".
No período 'antes da ordem do dia', o sócio Jorge Gomes propôs à assembleia que fosse nomeada uma comissão com a finalidade de alterar estatutos de forma a adaptá-los a realidade e às necessidades actuais, proposta que foi aprovada por maioria.
O presidente José Belo fez a explanação da deslocação da equipa a Maria da Fonte e que resultou num pesado castigo para a colectividade. Santos Costa interveio, para falar exclusivamente na qualidade de sócio (o actual Secretário do Equipamento do Equipamento Social preside também à assembleia-geral da AFM) considerando existir "muita incoerência entre a gravidade do acto e a pena aplicada".

Castigo implica fim da equipa B
A uma dúvida levantada, os presentes ficaram a saber que caso se mantenha a pena disciplinar aplicada pela FPF, a AD Machico não poderá competir com a equipa B na I Divisão Regional.
No outro ponto da ordem de trabalhos, sem grande discussão, as contas relativas ao ano 2.006/2.007 foram aprovadas sendo que o actual passivo actual ascende a 681.000 €.
No final da assembleia o presidente, Carlos Perestrelo, respondeu da seguinte forma a das questões por nós formuladas: "Em primeiro lugar há que realçar que os sócios ficaram esclarecidos e confiantes quanto ao futuro da colectividade; é sempre importante que compareçam e participem, mas a leitura que faço é que estão tranquilos porque a situação do clube não é alarmante; não é só Machico que se encontra numa situação financeira difícil; há que encarar o problema com frontalidade e dar o mérito à direcção, que aos poucos vai dando uma trajectória mais consentânea com a realidade do clube".
Miguel Justino - DN MADEIRA
avatar
danyro
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1242
Clube : Porto
Pontos : 1
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário http://naodizesnada.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Desportiva de Machico

Mensagem por danyro em 25.07.08 10:35

Rogério Vilela é o novo treinador dos “tricolores”. Radicado há muito na Madeira, onde dividiu a carreira entre a AD Machico e a AD Camacha, Rogério Vilela, tem 33 anos e na época finda actuou ainda como futebolista em Machico, onde inicia agora a carreira de treinador.
avatar
danyro
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1242
Clube : Porto
Pontos : 1
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário http://naodizesnada.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Desportiva de Machico

Mensagem por danyro em 13.08.08 13:38


Machico 'salva-se' mas despromove Camacha
Salva-se Machico, mas desce a Camacha. É este, em última análise, o desfecho da decisão ontem tomada pelo Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol sobre o recurso apresentado pela AD Machico à pena de desclassificação e suspensão de que foi alvo por ter chegado atrasada ao jogo diante do Maria da Fonte (vitória por 1-0).
O Conselho de Justiça considerou que a chegada atrasada ao jogo não foi intencional, sendo antes motivada por duas situações às quais o clube madeirense é alheio: o atraso do voo que transportava os machiquenses para Lisboa, o que os fez perder o voo de ligação para Lisboa; o engano do motorista do autocarro no percurso para o estádio, atrasando ainda mais a chegada.
O CJ entendeu ainda que as equipas não são obrigadas a viajar na véspera do jogo - a referência a isso feita no Regulamento de Provas Oficiais não terá caracter obrigatório - e por esse motivo acabou por anular a desclassificação e a suspensão por duas épocas aplicadas ao clube pelo CD, o que significa que a AD Machico vai mesmo competir na III divisão em 2008/09.
Ficou apenas a multa e a derrota por 3-0 no jogo em causa, e é precisamente isto que acaba por ditar a descida da Camacha à III divisão.
Com os 3 pontos desse jogo, o Maria da Fonte sobe ao primeiro lugar da sub-série A1, passando a Camacha para segundo. Ora, o critério para apurar o pior segundo classificado entre as sub-séries (A1, A2, neste caso) e como tal a equipa que desce, é o do pior coeficiente. A AD Camacha tem um coeficiente de 1,5, enquanto que o Portosantense tem um coeficiente de 1,66. Desce a Camacha. Mas também o Portosantense. É que a descida de uma equipa dos Açores - o Lusitânia - implica a descida de mais um dos segundos classificados, e dos quatro que ainda sobram, o Portosantense é o que tem pior coeficiente.
Porque a decisão não é passível de recurso na justiça desportiva, a homologação dos campeonatos e publicação das classificações está prevista para hoje, realizando-se o sorteio amanhã. É que os campeonatos têm arranque marcado para o dia 24. A não ser que a providência cautelar da AD Camacha consiga travar o processo. Resta saber se o vai conseguir reverter.

Quem desce à III divisão
Os dois últimos classificados de cada sub-série.
O 2.º pior classificado de cada par de sub-séries (A1-A2; B1-B2; C1-C2; D1-D2).
Para apurar o pior segundo de cada par de sub-séries o primeiro critério é o pior coeficiente de pontos obtidos por cada equipa na II Fase.
O coeficiente é obtido dividindo o número de pontos obtidos pela equipa na II Fase pelo número de jogos realizados.
Por cada equipa dos Açores despromovida, desce mais um 2.º.
Saturnino Sousa - DN MADEIRA
avatar
danyro
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1242
Clube : Porto
Pontos : 1
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário http://naodizesnada.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Desportiva de Machico

Mensagem por danyro em 26.08.08 11:06

III Divisão Série E - 1ª Jornada: Cartaxo 1 Machico 0


Jogo de fraca qualidade
Cartaxo e Machico proporcionaram uma partida muito fraca. Para isso contribuiram três factores: o primeiro jogo do campeonato, equipas muito longe da melhor forma e pouco entrosamento entre sectores. Entrou melhor a equipa da casa que tomou conta do jogo beneficiando do vento a seu favor e remetendo Machico para o seu sector mais recuado. Mesmo assim, Valdei foi o primeiro a desperdiçar permitindo grande defesa ao guarda-redes Peter. Uma ocasião que não espelha o equilíbrio verificado, já que a bola andou pelo meio campo e longe das duas balizas. Perto do intervalo, Luís Padinha de bola parada falha a melhor oportunidade dos locais. No segundo tempo as história do jogo pouco se alterou. Muita luta e disputa pela posse da bola, mas pouca clarividência. Machico acreditou que podia sair com a vitória e subiu de produção. Exemplo disso Agostinho isolado falha de forma incrível o golo na cara do guarda-redes. Quem não falhou foi Carlos Caria que de cabeça fez o único golo dos locais aos 86’.
Goretty Tavares - JORNAL DA MADEIRA
avatar
danyro
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1242
Clube : Porto
Pontos : 1
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário http://naodizesnada.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Desportiva de Machico

Mensagem por danyro em 02.09.08 14:46

Taça de Portugal - 1ª Eliminatória: Infesta, 3(3) Machico, 3(2)


Cinco minutos de pesadelo impediram apuramento
O resultado ao intervalo dava vantagem aos insulares por duas boas a zero, isto graças à sua eficácia atacante e defesa de betão.
Na segunda parte, a equipa da casa continuou a porfiar na procura do golo, mas uma entrada nervosa no jogo aliada à segurança da defesa machiquense não permitiu mais uma vez a concretização de algumas ocasiões de golo.
Só que, em cinco minutos o Infesta conseguiu o que tinha tentado nos outros 85. Marcou por duas vezes, mandando o jogo para prolongamento.
Aqui ganhou vantagem o Infesta, mas Guido, à beira do fim, empatou novamente. Nos penaltis o o Infesta foi mais feliz, acabando por se apurar.
DN MADEIRA
avatar
danyro
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1242
Clube : Porto
Pontos : 1
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário http://naodizesnada.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Desportiva de Machico

Mensagem por danyro em 05.09.08 10:49


José Belo (Presidente do clube) diz que Machico não tem culpa da descida da Camacha
"Falámos e alertámos a Camacha"



A AD Machico sente-se culpada pela despromoção da AD Camacha? Obviamente que não. Temos a consciência completamente tranquila em relação a esta e outras matérias. Tudo fizemos para disputar o jogo em causa. É verdade que chegámos atrasados, mas até acabámos por ganhá-lo. Mas foi por terem optado por viajar no mesmo dia do encontro que tudo aconteceu... Ninguém é obrigado a viajar de véspera. Os regulamentos são claros e a prova disso foi a decisão do Conselho de Disciplina da FPF. Aconselham, sim, a viajar na véspera, nada mais.

E porque razão optaram por viajar no mesmo dia sabendo das penalizações existentes para atrasos e não comparências?
Pura e simplesmente por questões financeiras. É por demais evidente, e do conhecimento de todos, que os clubes passam por dificuldades e a nossa opção foi conter as despesas. A prioridade da direcção de Machico é, e será sempre, salvaguardar o futuro do clube. A situação desportiva da equipa já estava determinada (despromoção) e optámos a determinado momento por solicitar à nossa agência de viagens para viajar para o continente no mesmo dia. Curiosamente só conseguiram atender o nosso pedido para o jogo em causa. Agora, ficou provado que a culpa de termos chegado atrasados ao jogo não foi nossa mas, sim, da TAP.

Chegou a conversar com a os responsáveis camachenses sobre o imbróglio? Sim. Aliás, sempre estivemos disponíveis para ajudar no que fosse possível. Mas depois da decisão final nada havia a fazer. Quando o Conselho de Disciplina instaurou-nos o processo, aplicando-nos os tais castigos injustos a que fomos sujeitos, só lamento que não tenham (AD Camacha) tomado precauções nessa altura. É preciso que tenham em conta que a primeira deliberação fazia com que a Camacha descesse automaticamente de divisão. E sobre este e outros assuntos, tais como as competições regionais e nacionais, estou disponível para prestar quaisquer esclarecimentos.

Não o surpreende, então, a despromoção da AD Camacha?
Não! Não posso dizer que tenha sido apanhado de surpresa e na altura cheguei a falar e a alertar a Camacha que seria implicada no assunto. Todavia é preciso que uma coisa fique clara. Toda a gente fala que tem de existir imparcialidade no desporto e nos campeonatos. E o facto é que o actual quadro desportivo, por mais injusto que seja, estava definido à partida e os clubes aceitaram integrá-lo. Por isso não se podem misturar outras instâncias quando as situações não nos são benéficas por este ou aquele motivo.
Edmar Fernandes - DN MADEIRA
avatar
danyro
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1242
Clube : Porto
Pontos : 1
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário http://naodizesnada.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Desportiva de Machico

Mensagem por danyro em 09.09.08 7:59

III Divisão Série E - 2ª Jornada: Machico 0 Igreja Nova 0

Apesar do intenso domínio a bola não entrou na baliza





Entrou melhor a equipa da casa, que desde cedo procurava o golo que poderia dar tranquilidade, para encarar o resto do desafio.
Tal golo poderia ter surgido logo aos nove minutos se o árbitro não tivesse anulado o golo a David, alegadamente devido a falta sobre o guardião contrário. Eis então que surge a primeira adversidade para o Igreja Nova, Bruno é expulso após agressão. Com metade do primeiro tempo ainda para jogar a equipa visitante recua no terreno e espera pela iniciativa dos locais.
Não se fazendo rogado o treinador de Machico, no reatar da segunda parte, lança dois jogadores com o intuito de alargar a frente de ataque e aproveitar a vantagem numérica que tinha em campo. Começou desde logo um autêntico assalto à baliza de Ferro. Evidenciando alguma ansiedade foram alguns os lances em que os homens mais adiantados de Machico não conseguiram finalizar com êxito.
Com o fim do encontro foi aumentando a pressão exercida por parte da equipa local que acabou o encontro enviando duas bolas à trave em apenas dois minutos. Apesar da muita vontade a equipa de Machico não conseguiu chegar à vitoria. Boa arbitragem por parte da equipa chefiada por Renato Mendes.
No final do encontro, Rogério Vilela, treinador de Machico, disse: "Poderíamos estar aqui a tarde toda e não conseguíamos marcar. Quero enaltecer a atitude dos meus jogadores, com esta capacidade de trabalho vamos realizar um campeonato fantástico."
Já Rui Paulo, treinador do Igreja Nova, frisou: "O jogo ficou condicionado coma a expulsão do nosso avançado, aproveitando a equipa de Machico para subir no terreno e criar algumas oportunidades para golo. Acima de tudo estou satisfeito com o resultado".
DN MADEIRA
avatar
danyro
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1242
Clube : Porto
Pontos : 1
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário http://naodizesnada.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Desportiva de Machico

Mensagem por danyro em 02.10.08 17:11

4ª Jornada: Machico 1 Futebol Benfica 1

Golos:
Machico - Pires
Futebol Benfica - Pedro
avatar
danyro
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1242
Clube : Porto
Pontos : 1
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário http://naodizesnada.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Desportiva de Machico

Mensagem por danyro em 13.10.08 11:47

5ª Jornada: Camacha 6 Machico 1



Golos:
Camacha - Vitor Hugo (2), Rogerinho, Custódio, Malho, Carlos Manuel
Machico - Pires
avatar
danyro
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1242
Clube : Porto
Pontos : 1
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário http://naodizesnada.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Desportiva de Machico

Mensagem por danyro em 13.10.08 15:07

6ª Jornada: Machico 2 1º Dezembro 1



Golos de machico: Pires e Guido

Conferência de Imprensa
Rogério Vilela (treinador de Machico)
Vínhamos de uma derrota e vencer era importante para dar motivação aos jogadores e esquecer o passado. Conseguimos quebrar o enguiço em casa pois já não ganhávamos há muito tempo. Depois do que vi hoje, pela atitude dos meus jogadores, estamos no bom caminho. Não defrontamos uma equipa qualquer pois o 1º de Dezembro fez uma aposta na subida de divisão.
Nuno Presume (treinador do 1.º de Dezembro)
Parabéns ao Machico e parabéns ao trio de arbitragem. Foi à moda antiga.
avatar
danyro
Uma Lenda Viva

Número de Mensagens : 1242
Clube : Porto
Pontos : 1
Data de inscrição : 04/05/2008

Ver perfil do usuário http://naodizesnada.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Desportiva de Machico

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum